Divã

...

30 de jan de 2011

Conceitos

Conceitos existem pra definir certas pessoas, coloca-las em grupos específicos e julgá-las por isso. Todas as pessoas julgam ou serão julgadas um dia por esses quesitos, sejam físicos, intelectuais, aparência ou moda apenas.

Quem nunca parou e ficou observando alguém num parque ou na rua, imaginando o que a pessoa estaria fazendo, qual seria sua profissão, seu nome, idade, Hobbies, ficar pensando o que levou ela a estar naquele lugar aquela hora. Ficamos imaginando como seriam seus amigos, se é uma pessoa alegre ou depressiva, porque ela esta sozinha ou acompanhada, o que as outras pessoas viram nela de tão especial.

Esses são apenas alguns exemplos de como as pessoas julgam outras pessoas pela aparência ou pela situação em que elas se encontram, conceitos foram criados pela própria sociedade pra limitar os pensamentos sobre as pessoas, se vemos uma pessoa de terno preto e uma mala no centro da cidade logo imaginamos um advogado indo trabalhar ou resolver algum problema, se vemos um gari limpando a rua, logo imaginamos que ele não teve a educação necessária pra ser algo que ele sonhou ser um dia, por mais triste que isso soe é a verdade.

Porém em questões comportamentais o conceito que eu mais gosto de quebrar é o em relação a idade, muitas pessoas me julgam ou pré julgam sem antes mesmo me conhecer, sempre que falo minha idade as pessoas dizem "imaginei que fosse mais velho pelo seu tipo de conversa", isso apenas mostra como as pessoas se iludem facilmente com as pessoas achando-as todas iguais.

Mulheres escutam mais essas frases do que homens, pois elas são os exemplos clássicos de que idade não significa maturidade, idade é apenas um numero e não condiz com suas experiências de vida, assim como julgar alguém pelas roupas que ela usa, ou pelas musicas que escutam, todos esses pré-conceitos só fazem as pessoas se afastarem,mostrando que quem julga é mais igual a todo mundo, do que a pessoa que ela está julgando.

Um comentário: